sábado, 25 de outubro de 2008

Poesia da noite

Na cidade iluminada
Vestida e arrumada
sigo meu caminho
A lua prateada
Assiste a desfilada
de carrões e mulherões
e eu ali no canto
vou seguindo de figurante
a tão esdrúxulo cortejo noturno
na calada da noite
onde todos os gatos são pardos
sigo eu procurando minha tigela de leite.

Um comentário:

Anônimo disse...

Although we have differences in culture, but do not want is that this view is the same and I like that!
age of conan power leveling