sábado, 23 de janeiro de 2010

Balada da despedida

Quando sobrevierem à mim as cãs
E o meu corpo jazer gélido e inanimado
Sobre o tabuado de madeira encerado
Quando as flores sepulcrais anunciarem
o inevitável diagnóstico da morte
Quero que lembrem
Que o meu coração um dia bateu
O mais puro amor pelo mundo e pelos homens

Minha maior declaração é para você

video

Dilatação

I

Aquece
Esfria
Aquece
Esfria
Aquece
Esfria

Aquece!!
Esfria...

Aquece!
Esfria!

Aquece!!!
Esfria!!!

Esquece!
A fria....


II

Aquece
Esfria
Aquece
Esfria
Aquece
Esfria

Trinca?



Casamento?


Encantamento
Contentamento
Casamento?

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Acalentará



Não tenho foto tua/Não tenho algo teu/Tudo o que tenho /É a lembrança de que eu sou para te amar/E isso me basta, me envolve e conforta/acalentará.
Quem dera um dia eu possa te ter em meus braços/sem medo de perder/sem medo de acordar/nesse dia eu vou nascer.
Acalentará/ a menina o sonho/de bailar ao lado do homem amado...
Acalentará/o conforto dos braços teus/o calor do corpo teu....

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Beijos ingênuos



Hoje te enviei beijos com sabor de mousse de chocolate
E você revidou com beijos de maçã da turma da Mônica
Beijos ingênuos
De irmãozinhos, disse você
Tudo que sei é que voltei a sonhar
A maçã sempre esteve presente desde Adão e Eva
Explicou você eloqüente
O que sei é o que sinto da gente
Gostinho de alegria no ar
Manhã de sol e mar
E eu aqui perdida em papéis de tanto trabalhar
Sigo a sonhar e cantar uma música só minha
Um sorriso no rosto
Um afago gostoso
Quem sabe um dia, talvez.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A noite estrelada de Deus




Estava eu aqui em casa aflita porque um pouco doente e frágil. Sim, porque temente a Deus, mas humana. Eu que como cristã sei que Deus está no controle de tudo, mas insisto em tentar controlar minha vida e os sintomas de que algo não está bem no corpo significa rumar ao inesperado e para pior. Assim, junto com os sintomas de uma ‘virose’ senti uma ansiedade crescente a patamares quase absurdos. Desesperei. Estava sozinha em casa com meu filho e se e se e se e se e se... fiquei com medo. Fingi uma calma aparente e convidei meu filhote para dormir na casa da vovó, no que ele alegremente concordou. Para ele tudo é uma festa e grande alegria. Cheguei na casa da mamãe e o nervoso não passava....Dormi na cama de minha irmã que me cedeu o quarto. Então, ao tentar conciliar o sono pedi para Deus segurar em minha mão e somente assim adormeci.

Eu e um anjo pairamos em um lugar muito escuro, mas não tive medo e ele me disse que iria me explicar como os que crêem em Deus são vistos. O sonho se desenrolou todo na mais completa escuridão. Eramos todos feixes de uma intensa luz branca vertical. Eu sabia que estava acima da terra, mas não divisava cidades. Apenas as luzes. As luzes são os tementes a Deus. Deus é luz. E quando nós O aceitamos ele passa a habitar em nós. Depois ele me mostrou uma pessoa fazendo uma oração. Na mesma hora que a pessoa orava a luz branca aumentava imediatamente. Ele me disse que independente do teor da prece e do que viesse a acontecer. Aquele ato aviva o espírito de Deus que passou a habitar em nós. Depois ele me levou em um lugar com muitas luzes brancas juntas. E me disse que era uma igreja. Ele esclareceu que não importava a construção ou mesmo se existisse uma. Bastava para isso que as pessoas lá estivessem reunidas com o propósito de louvar ao Senhor. Ele disse que o mistério da igreja é que lá Deus distribui a luz Dele de acordo com a Graça Dele. E então eu vi que não importava qual trabalho tivéssemos na obra do Senhor. Todas as luzes brilhavam muito e as pessoas que chegavam acendiam a sua Luz. E Ele se agradava muito disso. Para Deus, àqueles que o amam na terra são como estrelas. Acho que Deus nos enxerga como nós vemos uma noite estrelada no céu.