quinta-feira, 1 de janeiro de 2009

Amor no ano-novo

No soar das badaladas
Meu olhar procurou teu olhar
Meu desejo quis ser teu desejo
Os fogos estalavam lá fora
E eu aqui dentro
Em meus pensamentos
Digo-te repetidamente o que sinto
Queira manter-me em sonhos
Amor no ano-novo
Como faço para te tornar real
Palpável - meu companheiro?
O amor avançou o irreal
Solidão afasta-te ligeiro de mim
Quero só a esperança de teus beijos
Cálidos e precisos
Vou dormir, agora, amor
E deixar entrar o ano novo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Although we have differences in culture, but do not want is that this view is the same and I like that!
age of conan power leveling